ver novamente

O essencial de Roma

Graças a seus museus e monumentos históricos, Roma é uma das cidades mais interessantes da Europa

Redação iG Viagens |

Roma é uma cidade de imagens bem vivas e inesquecíveis. Colunas de mármore, ruínas de tempos doFórum Romano, a cúpula da Catedral de São Pedro ou mesmo o fim de tarde rosa e vermelho se contrapondo à gloriosa basílica.

12

Piazza San Pietro é um dos cartões-postais de Roma – Foto: Getty Images

Tudo na capital italiana ecoa uma sensação única de que a cidade é uma alma cheia de vigor a cada novo dia. Os sons de Roma mostram uma cidade que vai se transformando ao passar das horas e que tem um sinfonia urbana própria de quem tem duas populações sempre convivendo em harmonia: os moradores e os turistas.

Os romanos de hoje sempre recebem bem quem os visita e deixam transparente seu estilo único e seu prazer em levar uma boa vida. Tirando agosto, quando todos os locais fogem do calor da capital, é com os romanos da gema que os turistas vão aprender a curtir uma cidade que é mais charmosa quanto mais a noite se aproxima. Em Roma como os romanos é a melhor forma de se aproveitar a capital italiana.

Principais atrações:

1 – Museus do Vaticano e Capela Sistina
(Cidade do Vaticano – Metrô Cipro-Musei Vaticani)

Os Museus Vaticanos guardam algumas das melhores coleções de arte do mundo. A Igreja Católica é guardiã de tesouros que datam da antiguidade ao Renascimento, dispostos em uma série de palácios, apartamentos e galerias que, como em um labirinto, levam o visitante até a grande atração: a Capela Sistina, a obra-prima de Michelangelo.

 

2- Villa de Hadrian
(Via di Villa Adriana – Ônibus 4 de Tivoli)

No século II, o globe-trotter Hadrian passou os últimos três anos de sua vida em grande estilo: construiu a 6,5 quilômetros dos Jardins de Tivoli uma das maiores propriedades rurais jamais reunidas. Nela criou reproduções de maravilhas arquitetônicas de toda sorte pelas quais se apaixonou em suas viagens pelo mundo. É impressionante.

 

3- Galleria Borghese
(Off Via Pinciano – Ônibus 116 ou 910)

13

Entrada da Galeria Borghesi – Foto: Juliana Bianchi

A galeria passou por uma renovação completa e foi reaberta em 1997. Conta com um fabuloso tesouro em obras de arte de grandes artistas. A coleção começou com Scipione Borghese no sécuo XVII, que já possuía algumas maravilhosas peças de todos os tempos. Algumas delas foram retiradas dos Museus Vaticanos ou de antigos proprietários que iam presos. É importante saber que reservas são essenciais, uma vez que não mais de 360 pessoas podem estar ao mesmo tempo no andar térreo e não mais de 90 no andar superior.

 

4- Basílica de São Pedro
(Piazza San Pietro – Metrô Ottaviano-San Pietro, depois Ônibus 23, 49 ou 492)

A basílica foi construída sobre o túmulo de São Pedro em 324, um pouco à direita do Circus de Nero, onde acredita-se que ele tenha sido crucificado. A estrutura ruiu depois de mais de mil anos de pé. A atual basílica, completada entre 1500 e 1600 é basicamente em estilo Renascentista e Barroco. Uma das atrações mais procuras é a execpcional Pietà, obra que Michelangelo fez com 20 e poucos anos e que fica à direita na nave da primeira capela. Outra são as tumbas dos papas, que ficam no subsolo.

 

5- Museu Nacional de Villa Giulia
(Piazzale di Villa Giulia – Metrô Flaminio ou Bonde 2, 3 ou 19)

Este palácio papel do século XVI abriga uma coleção de preço inestimável de arte e artefatos dos misteriosos Etruscos, que precederam os romanos. Conhecidos por sua arte sofisticada e design, eles deixaram um legado impressionante de sarcófagos, esculturas de bronze, vasos de terracota e jóias.

14

Pantheon, em Roma – Foto: Juliana Bianchi

 

6- Catucambas de St. Domitilla
(Via d. Sette Chiese – Ônibus 118)

Além de a mais antiga, é a mais agradável das experiências em catacumbas que existe. Entra-se por uma igreja do século IV e daí segue-se por uma visita guiada em grupos pequenos e com condutores muito especiais, que podem apresentar o espaço em visitas de 20 minutos ou de uma hora.

 

7- The Pantheon
(Piazza della Rotonda – Ônibus 46, 62, 64,170 ou 492, para Largo di Torre)

Entre todos os antigos e melhor preservados prédios romanos, apenas o Pantheon permanece intacto. Construído em 27 a.C. por Marcus Agrippa e reconstruído por Hadrian no século II, o local tem 43 metros de largura por 43 metros de altura: é um cilindro espiral perfeito, repleto de estátuas de mármore de deuses romanos.

 

8- Fórum Romano, Palatino e Museu Palatino
(Largo Romolo e Remo – Metrô Colosseo ou Ônibus 60, 75, 85, 87, 95 ou 175)

Fórum Romano deu lugar a grandes acontecimentos, como a cremação de César. Era uma espécie de Broadway da Roma antiga, o centro da vida romana na época da República. Entre ruínas e fragmentos espaçados, deixe a imaginação ajudá-lo a reconstruir momentos históricos. O Palatino era onde viviam cidadãos importantes como Cícero, e onde Calígula foi assinado. Em seu museu fica uma boa coleção de esculturas romanas.

 

9- Coliseu
(Piazzale del Colosseo, Via dei Fori Imperiali – Metrô Colosseo)

15

Coliseu é o maior legado arquitetônico da Roma Antiga – Foto: Getty Images

Ainda que agora seja apenas uma mera concha, o Coliseu se mantém como o maior legado arquitetônico da Roma Antiga. A construção do que era chamado o Anfiteatro Flavium foi encomendada em 72 e inaugurada em 80 com um sangrento combate entre gladiadores e bestas selvagens, que durou longas semanas. Na época, a capacidade era para 50 mil espectadores. Hoje, aparatos modernos como elevadores foram instalados para permitir aos visitantes observar o que sobrou de suas ruínas.

 

1 0- Fontana di Trevi
(Piazza di Trevi – Metrô Barberini ou Ônibus 62, 85, 95, 175 ou 492)

O ponto alto do itinerário de todo visitante de Roma era apenas uma pequena praça, sempre deserta, antes do filme “Três Moedas na Fonte” ser lançado. Difícil de acreditar, mas não há como deixar de jogar suas moedinhas na esperança de saúde e fertilidade. A figura triunfante de Netuno entre águas trazidas do aqueduto Acqua Vergine é um triunfo do estilo barroco.

Escolha seu próximo destino

Notícias Relacionadas


iG Viagens no Facebook

Comentários (0)

Antes de escrever seu comentário, lembre-se:o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *