ver novamente

Os melhores lugares para curtir o outono

Não sabe para onde viajar? Confira sugestões de destinos para conhecer na baixa temporada

Camila Sayuri, iG São Paulo |

Mesmo sem a efervescência do verão, o romantismo do inverno ou o colorido da primavera, o outono é uma das melhores épocas para se viajar em diversas partes do Brasil. A estação marca o período de baixa temporada, com hotéis e pacotes de viagens com preços mais baixos.

- Leia também: Dez lugares para visitar no Brasil antes de morrer

No nordeste, o outono é o início da época de chuvas, que se estende até os meses de junho ou julho. No entanto, a estação é ideal para quem quer aproveitar o litoral do sudeste ainda com dias ensolarados, mas sem a multidão de veranistas da alta temporada. Antes do frio chegar de vez, dá ainda para aproveitar o litoral de Santa Catarina com praias tranquilas.

Na região centro-oeste, tem início o período de seca no outono. A época é ideal para quem quer se aventurar por trilhas, cachoeiras e paredões nos principais destinos de ecoturismo no Brasil, como Bonito, Chapada Diamantina e Chapada dos Veadeiros.

Confira outras possibilidades:


1. Chapada Diamantina (BA)

Poço Azul, na Chapada Diamantina, fica ainda mais bonita no outono - Foto: Getty Images

Poço Azul, na Chapada Diamantina, fica ainda mais bonita no outono – Foto: Getty Images

No outono chove menos e as cachoeiras não estão tão cheias, mas os turistas podem fazer com tranquilidade as trilhas ou praticar esportes de turismo de aventura, como trekking e rapel. Nesta época, o sol também está na posição ideal para iluminar no Poço Encantado, uma das grandes atrações naturais da chapada.

Saiba mais sobre a Chapada Diamantina 


2. Chapada dos Veadeiros (GO)

Com o início da época seca, a Chapada dos Veadeiros tem acessos livres e com menos riscos a rios e cachoeiras - Foto: Getty Images

Com o início da época seca, a Chapada dos Veadeiros tem acessos livres e com menos riscos a rios e cachoeiras – Foto: Getty Images

Outono marca o início a diminuição das chuvas e o início do período de seca na Chapada dos Veadeiros. O período é ideal para quem quer praticar canyoning e rapel nos paredões de pedra e nas cachoeiras. Nesta época, a região também fica ainda mais exuberante com as flores do cerrado abertas. As estradas e trilhas têm acesso livre.

 

 

3. Pantanal (MS e MT)

Época da seca é a época certa para quem quer ver de pertinho os animais pantaneiros - Foto: Getty Images

Época da seca é a época certa para quem quer ver de pertinho os animais pantaneiros – Foto: Getty Images

Quem quiser ver de pertinho a vida selvagem da maior planície alagável do planeta deve marcar a viagem para esta época da seca. Neste período, os bichos se aproximam dos rios para beber água, facilitando a observação dos animais. Além disso, o acesso até as fazendas pantaneiras é facilitado sem as estradas de terra alagadas.

 


4. Jalapão (TO)

Jalapão: dunas, praias de rio e cachoeiras a serem desvendados por quem tem espírito de aventura - Foto: Flickr/ Lucas FLavio

Jalapão: dunas, praias de rio e cachoeiras a serem desvendados por quem tem espírito de aventura – Foto: Flickr/ Lucas FLavio

A partir de maio tem início o período de seca no Jalapão, um belo destino na região central do Brasil, com dunas e piscinas naturais. No outono, o clima fica mais ameno, a vegetação verdinha e todos os acessos para as atrações estão livres.

 


5. Ouro Preto (MG)

Conhecer os casarões históricos e as igrejas centenárias de Ouro Preto pode ser uma boa opção para este feriado - Foto: Getty Images

Conhecer os casarões históricos e as igrejas centenárias de Ouro Preto pode ser uma boa opção para este feriado – Foto: Getty Images

Com o clima mais seco, vale aproveitar o outono para percorrer as ladeiras do centro histórico e visitar suas igrejas centenárias. Quer ver a cidade ainda mais bonita? Vá durante a Semana Santa. Durante o período são realizadas missas em diferentes igrejas, procissões, concertos musicais e tapetes florais coloridos.

Saiba mais sobre Ouro Preto


6. Belo Horizonte (MG)

Palácio da Liberdade, um dos principais cartões postais de Belo Horizonte - Foto: Lucia Sebe

Palácio da Liberdade, um dos principais cartões postais de Belo Horizonte – Foto: Lucia Sebe

A capital mineira é destino para o ano todo. Mas, para desfrutar ao máximo a atmosfera boêmia de BH, vale planejar uma visita à cidade durante o festival Comida di Boteco, que acontece entre 13 de abril e 13 de maio.

 

7. Serra do Cipó (MG)

Serra do Cipó, em Minas Gerais: a região é conhecida por sua variedade de flores silvestres e cachoeiras - Foto: Vihh / Flickr

Serra do Cipó, em Minas Gerais: a região é conhecida por sua variedade de flores silvestres e cachoeiras – Foto: Vihh / Flickr

No outono, as chuvas já não atrapalham os passeios, mas ainda há bastante água para quem quer se deslumbrar com as quedas d’água, como a Cachoeira da Farofa, Véu da Noiva, da Usina e Congonhas. Dá ainda para conhecer belas grutas e cachoeiras.

Saiba mais sobre a Serra do Cipó

 

8. Búzios (RJ)

Búzios pode ser melhor aproveitada sem a multidão de veranistas - Foto: SXC

Búzios pode ser melhor aproveitada sem a multidão de veranistas – Foto: SXC

Visitar o famoso balneário fluminense no outono é um bom negócio. Sem a multidão de turistas dá para curtir sem apertos algumas das 20 belas praias ou a charmosa rua das Pedras. Os dias continuam ensolarados, mas o calor é menos sufocante, uma boa pedida para passear de barco.

 

9. Paraty (RJ)

Vila de Trindade, em Paraty, tem algumas das praias mais bonitas da região - Foto: Felipe Carneiro

Vila de Trindade, em Paraty, tem algumas das praias mais bonitas da região – Foto: Felipe Carneiro

Passear pelo centro histórico de Paraty, com suas lojinhas de artesanato é também mais agradável sem a multidão de pessoas da alta temporada. Em maio, a cidade fica toda enfeitada por conta da Festa do Divino. Aproveite para ir ao vilarejo de Trindade sem chuvas.

Saiba mais sobre Paraty

 

10. Itaúnas (ES)

O caminho das dunas de Itaúnas para a praia preservada - Foto: Felipe Carneiro

O caminho das dunas de Itaúnas para a praia preservada – Foto: Felipe Carneiro

Na baixa temporada, a ensolarada vila de Itaúnas fica ainda mais tranquila para quem quer aproveitar suas dunas, algumas com até 30 metros de altura, belas praias ou as noitadas de forró. Com o clima agradável, dá até para encarar caminhadas que levam a praias desertas.

Saiba mais sobre Itaúnas

 

11. Curitiba (PR)

Aproveite a viagem a Curitiba para conhecer os jardins da cidade - Foto: Getty Images

Aproveite a viagem a Curitiba para conhecer os jardins da cidade – Foto: Getty Images

O clima ameno na capital paranaense torna a cidade ainda mais agradável para quem quer conhecer os seus belos parques, os restaurantes de comida italiana do bairro de Santa Felicidade, os museus e o centro histórico. Na primeira semana de abril, acontece o tradicional Festival de Teatro.

Saiba mais sobre Curitiba

 

12. Florianópolis (SC)

No início do outono, ainda dá para aproveitar dias ensolarados em Florianópolis - Foto: Felipe Carneiro

No início do outono, ainda dá para aproveitar dias ensolarados em Florianópolis – Foto: Felipe Carneiro

Após as férias escolares e o carnaval, a capital catarinense surge como uma excelente opção para os viajantes, sem a multidão de turistas da temporada, nos dias de sol forte ainda dá para aproveitar as praias. A capital ainda tem outros atrativos, como a Lagoa da Conceição, os bons restaurantes e bares e baladas animados.

 

13. Gramado (RS)

Gramado é a mais conhecida das cidades da Serra Gaúcha - Foto: perjano2 / Flickr

Gramado é a mais conhecida das cidades da Serra Gaúcha – Foto: perjano2 / Flickr

Na Serra Gaúcha dá para aproveitar o clima europeu, com as folhas das árvores ganhando coloração avermelhada. As manhãs são frias para quem quer curtir mais tempo na cama e saborear um café colonial. À tarde, as tardes são ensolaradas.

Saiba mais sobre Gramado

Escolha seu próximo destino

Notícias Relacionadas


iG Viagens no Facebook

Comentários (0)

Antes de escrever seu comentário, lembre-se:o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *