ver novamente

Temporada de cruzeiros 2012: Buenos Aires e Punta del Este em alta

Enquanto a oferta de roteiros pelo nordeste cai, aumentam as possibilidades de viajar de navio pela América do Sul

Agência Estado |

Na próxima temporada de cruzeiros no Brasil, a oferta de viagens pela América do Sul aumentou 15% em relação à anterior. Enquanto isso, os roteiros rumo ao Nordeste caíram 18% na comparação com 2010/2011. “Apesar de serem mais caros para o passageiro, esses cruzeiros têm o apelo de uma viagem internacional. E, para as companhias, é menor o custo de operação. Ou seja, o Brasil saiu perdendo”, afirma o presidente da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Abremar), Ricardo Amaral. Os altos custos no Brasil, segundo ele, levaram as companhias a apostar na América do Sul.

 

Os roteiros podem incluir paradas em Buenos Aires, Montevidéu e Punta del Este. Além de cruzeiros do Brasil rumo à Argentina e ao Uruguai, há navios destacados a temporada toda para fazer viagens com partida e chegada em Buenos Aires. O Costa Serena, o Ibero Grand Celebration e o MSC Musica saem de lá para escalas no Brasil, mas não têm embarque em cidades brasileiras – excluindo-se as travessias transatlânticas.

Os navios

Descontando os três transatlânticos que não oferecem embarque no País, o viajante brasileiro tem apenas 12 navios para fazer cruzeiros saindo de um porto nacional. Mas aquelas três embarcações são consideradas no total divulgado pela Abremar. Segundo a associação, a próxima temporada brasileira terá 15 transatlânticos – na conta, entram questões técnicas, como o escritório que comanda a operação do navio e o cumprimento do mínimo de 25% de brasileiros na tripulação.

Neste ano, o Grand Mistral, da Ibero, abre a temporada em 9 de novembro. Além dele, a companhia traz o Grand Holiday e o Grand Celebration. As italianas Costa e MSC vêm para o Brasil com quatro navios cada. Metade deles estreia por aqui: o Costa Fascinosa, o Costa Favolosa, o MSC Magnifica e o MSC Fantasia.

Mais:  O que é preciso saber sobre uma viagem de navio

Já estiveram no Brasil e repetem a dose o Costa Fortuna, o Costa Serena, o MSC Musica e o MSC Orchestra. A americana Royal Caribbean aposta novamente no Splendour of the Seas, que vem para a sua sexta temporada no Brasil, assim como o Zenith, da Pullmantur. Sovereign e Empress completam a lista de embarcações da armadora espanhola. De acordo com a Abremar, juntos, os 15 transatlânticos reúnem 762.570 leitos.

Ao longo da última década – período em que o mercado de cruzeiros marítimos de fato aconteceu no Brasil -, os navios que vêm ao Brasil aumentaram de tamanho. No próximo verão, o maior deles, o MSC Fantasia, tem 333,3 metros de comprimento, pesa 137 mil toneladas e transporta até 4.363 passageiros. O número de transatlânticos por aqui cresceu de seis em 2004/2005 para o recorde de 20 embarcações em 2010/2011.

Desde então, vem caindo. No verão passado, foram 17 navios. Menos viajantes. Com a temporada mais curta, menos navios e cruzeiros longos, serão 277 saídas no próximo verão – no anterior, foram 386. Com isso, diminui também o número total de passageiros transportados pelos navios. A expectativa é de 758 mil viajantes nesta temporada – na passada, foram 805.189. O último transatlântico a zarpar do Brasil rumo à Europa será o Splendour, da Royal, que parte em 22 de abril.

Leia também:
- Tire todas as dúvidas sobre cruzeiros 
 Brasil recebe visita inédita de gigantes dos mares

Escolha seu próximo destino

Notícias Relacionadas


iG Viagens no Facebook

Comentários (0)

Antes de escrever seu comentário, lembre-se:o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *